sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Da noite para o dia

Ontem foi dos melhores dias do mês.
Jantar de curso + mega festa do caloiro = praxe, diversão, cantorias, bebida e muitas, muitas fotografias.
Começando pela praxe: o meu curso não tem (são as regras mais estúpidas de que já ouvi falar) dentro da faculdade, porque do lado de cá estamos à vontade para fazer o que quisermos. E assim foi. A culpa foi minha, de andarmos a fazer figuras pelo centro comercial a dentro. Foi minha porque fui a única que disse que queria ser praxada e levei os outros todos atrás. Durante o resto da noite foi só cantar, dançar e conviver (tudo o que não se pode fazer quando se tem uma mãe como eu em casa).
Veio a parte pior: a de voltar para casa.
Hoje o meu dia foi digamos que, tudo menos positivo. Com bastantes precalços pelo meio (para não falar do taradão que me apareceu hoje no metro), discussões e proibições também.
Enfim, dias melhores virão.

Enviar um comentário