segunda-feira, 23 de maio de 2011

Só quero ir dormir, para não ter de olhar mais para a tua cara nem voltar a ouvir o eco da tua voz 
pelo meu quarto a dentro. Pelo menos hoje.

Enviar um comentário