segunda-feira, 16 de maio de 2011

maldita!

Não sei bem quem tem a culpa, se o calor que me provocou imensa sede ou se a água gelada. Só sei que graças a um deles (à água, claro), estou com uma tosse horrível e impossivel de controlar, aliás, estava quase a ficar afónica quando de repende se me volta a voz. Além disso, ainda estou com os ouvidos a estalar e dou dois espirros de 5 em 5 minutos. Juro, água fresca (à noite) nunca mais! 
(Ai chuvinha, que bom que voltaste.)

Enviar um comentário