terça-feira, 31 de maio de 2011

enfim

Ando completamente perdida, perdidamente confusa e confusamente farta de entrar todos os dias na minha própria casa. Será que isto nunca vai mudar? Nunca terei a paz de espírito que necessito para ser feliz (o resto que falta)? É isto que está a dar comigo em doida, é isto que me faz ir a baixo todos os dias: o ter de receber todos os 'maus-tratos psicológicos', sempre da mesma pessoa.
Estes 18 anos em que aguentei tudo, ao mais infimo pormenor, estão a ficar gastos e cansados de tanta dor, de tanto sofrimento desnecessário, nunca merecido.
Talvez noutra vida tenha feito algo muito mau para receber tal 'tratamento', mas espero que quem o está a fazer agora, pague por isso, nesta ou noutra qualquer vida, mas que pague.
Juro que não sei quanto mais tempo aguento isto, juro que um dia vou ser feliz apesar de a minha infância e adolescência terem sido super conturbadas e deveras tristes.
Sei que sou das piores pessoas à face da terra para esse alguém, mas esse alguém também o vai ser sempre, para mim. Nada me deixa mais infeliz do que isto, nada mesmo... e o pior, é que afecta em tudo na minha vida.

Enviar um comentário