segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Quero ser como tu

Só queria saber como me esqueceu tão facilmente, tão depressa, gostava de poder fazer o mesmo.
Prometi a mim mesma que não publicaria qualquer post dirigido a esta pessoa, mas estou a sentir necessidade de desabafar.
Já chega de remexer os meus sentimentos à procura de uma resposta para todas as perguntas que tenho entaladas na garganta e que por incrível que pareça, prefiro que não saiam da boca para fora.
Já não sente qualquer tipo de vergonha (talvez seja a palavra certa). Já nada lhe importa, nem sequer o que sinto. Mas um dia o que eu sinto vai acabar, para meu bem, espero que rápido.
Qualquer dia serei eu a rir-me, como me rio do seu desespero em mostrar que tem alguém do seu lado e que supostamente gosta dele, mas que não é correspondida, eu bem sei.
Quero esquecer, como essa pessoa o fez, assim sem mais nem menos.

11 comentários:

Lady C disse...

Nunca ninguém sabe como é que eles fazem, como esquecem, como são descarados. O melhor mesmo é desprezar tais atitudes e seguir a vida em frente porque não valem mesmo a pena.E ficar a saber desde já, que nenhumas das nossas questões vão ser alguma vez respondidas.Custa mas é assim, não há nada a fazer. So esperar que o tempo passe e que os nossos sentimentos se desvaneçam...

Anónimo disse...

Força miga merexex melhor k simples caniches.. vais ver k um dia has de encontrar um verdadeiro dalmata.. xD
bjinhs clé ^^

Catarina Bessa disse...

Muita força minha querida.

Gonçalo disse...

apesar de nunca ter tido namorada eu tb ja me senti despresado e sei como te sentes danii :(

podes contar cmg para tudo :)

bjo grande

Klaudy Esteves disse...

Tens que começar a pensar mais em ti, do que nele. Assim pode ser que consigas superar mais rapidamente. é a minha opinião. Força =)

Mar disse...

Força querida :)

Mar disse...

Força querida :)

Mar disse...

Força querida :)

SSalgadoNunes disse...

também já andei nessa fase de fazer perguntas, saber o porquê? E andava a deprimir a sério. De um dia para o outro decidi que ia acabar com isso e que a partir daí ia estar sempre a sorrir e fazer pelos menos uma pessoa sorrir por dia, com um gesto, uma piada, uma cumplicidade o que fosse. Resultou! Tens que arranjar tu própria as defesas, é isso que nos faz crescer e conhecer-mo-nos intrinsecamente.

Beijo**

Francisca Cid Souto disse...

Está bonito (:
Adoro a fotografia!

Pat disse...

Ola! Estou a ver o teu blog e AMO! As fotos sao lindas e ta claro que tens um gosto musical muito bom :) criei o meu blog à algum tempo mas so agora é que lhe dou importancia. E sem duvida que este post relata a razao de começar a fazer um blog.
Parabens !